Dicas, Sistema de Gestão

Despesas e Receitas de uma empresa

Despesas e Receitas de uma empresa

Primeiramente, implica em saber como organizar. Aliás, é fundamental. Pois você só vai saber o lucro real, se você souber os reais custos da sua empresa.

Mais antes de tudo, vamos saber:

Como não cuidar da gestão financeira. Prejudica a saúde do seu negócio?

Se você está com dificuldades em saber; Oque são e como organizar Despesas e Receitas da sua Empresa. Acompanhe, agora neste artigo 5 Dicas para fazer a gestão financeira do seu negócio.

A gestão financeira das despesas e receitas de uma empresa. Tem como missão, organizar e deixar claro os custos. Assim como, os recursos necessários para viabilizar, fornecer indicadores e relatórios. Dessa maneira, te permitindo saber quais são os rumos que seu Pequeno Negócio ou Empresa deve seguir.

Segundo dados do Sebrae, não acompanha, monitorar e organizar despesas e receitas de uma empresa. A princípio, impacta em fechamento de 53% das micros, pequenas e médias empresas. Isso, nos primeiros anos de vida.

A seguir, você vai encontrar 5 dicas para fazer a gestão financeira do seu negócio:

  • O que são despesas e receitas?
  • O que são despesas e receitas? como organizar despesas e receitas por categoria
  • Separe as finanças pessoais das empresariais
  • Fazer o controle de entradas e saídas no Fluxo de caixa
  • Como controlar e onde organizar despesas e receitas.

O que são Despesas e Receitas?

Todo empreendedor deve ter disciplina financeira

A princípio, todo empresário ou pequeno empreendedor. Certamente, deveria conhecer muito bem oque são despesas e receitas de uma empresa.

Ainda mais, que através do conhecimento e também do controle dessas informações. Pois é assim, que o empresário vai saber sua rentabilidade. Além disso, vai poder determinar um ponto de equilíbrio para sua empresa. Então, vamos lá!

Despesas: São os gastos necessários para manutenção da empresa. Assim como, os gastos para gerar mais receita. Contudo, não estão relacionados a produção de um produto, ou execução de serviços. Assim, como os Custos.

  • Comissões
  • Prolabore
  • Impostos
  • Materiais de Escritório
  • Aluguel

Conhecer bem suas finanças. Além de ajudar na Gestão Financeira. Contudo, é indispensável saber classificar as despesas, para um bom controle de Fluxo de Caixa.

Custos: Mas oque são custos então? Os custos são todos os gastos necessários, para produção ou execução de um serviço.

Dentre eles, existem os Custos Fixos. Seja como for, se mantém inalterado dentro de um limite de uma produção.

Exemplos:
  • Aluguel de máquinas
  • Água
  • Energia Elétrica

Já os Custos Variáveis são aqueles relacionados ao volume de vendas e aumento de produção.

Exemplos:
  • Matéria Prima
  • Embalagens
  • Horas Extras
  • Serviços de terceiros
Receitas: São todos os tipos de renda, gerada pela sua empresa.

Igualmente, podem ser gerados por prestação de serviços ou vendas.

Exemplos:
  • Vendas
  • Investimentos
  • Juros
  • Vendas

Sabendo agora, quais são as despesas e receitas de uma empresa. Assim, você tem condições de Organizar Despesas e Receitas por categoria.

Como Organizar Despesas e Receitas por Categoria

Saiba detalhar suas finanças

Primeiramente, entender como organizar despesas e receitas. Como resultado, traz como principal benefício um melhor controle financeiro.

Antes de mais nada, para começar a organizar suas despesas por categoria, liste:

  • Despesas Fixas:
  • Despesas Variáveis:
  • Custos Variáveis:
  • receita bruta:
  • Receita Líquida:
  • Receita Líquida:
  • Receita Financeira:

Sobretudo, você pode utilizar várias ferramentas para facilitar a Gestão Financeira do seu negócio

Como: Planilhas no Excel, o tradicional lápis e papel e sem dúvida você pode automatizar toda a organização financeira da sua empresa .

Juntamente, com um Software de Gestão Financeira que vai garantir serviços desde de Controle de Despesas e Receitas até cálculos , emissão de boletos e notas fiscais. Entre outros.

Separe as Finanças Pessoais das Empresariais

Pequeno empreendedor não cometa esse erro

Primordialmente, saber separar suas contas pessoais da empresa é um fator crucial para a saúde da sua empresa ou pequeno negócio.

Segundo Pesquisas do SPC Serasa. Mais de 36% dos brasileiros não têm o costume de gerenciar suas contas pessoais. Além disso, quando se trata de contas pessoais e empresariais, isso acaba se misturando e trazendo muitos prejuízos.

Mas então, como separar finanças pessoais das empresariais? Veja!

  • Separe as contas bancárias (Pessoal) (Empresa).
  • Separe contas como aluguel de casa, internet e conta de celular.
  • Defina um "salário" que pode ser baseado no mês que você menos faturou ou faz um cálculo de acordo com o'que deseja ganhar mais as despesas mais os custos da empresa e reserva financeira. Dessa forma, estipule uma meta mensal, se bater você retira o desejado senão o salário diminui.

Por isso é extremamente importante entender a diferença entre o Lucro e Fluxo de Caixa e fazer corretamente o Controle de entradas e saídas.

Fazer o Controle de Entradas e Saídas no Fluxo de Caixa

Como Organizar Despesas e Receitas por Categoria

Fluxo de Caixa é uma previsão de entradas e saídas financeiras de um período determinado da sua empresa. Acima de tudo, fazer o Controle de Fluxo de Caixa tem os seguintes objetivos:

  • Prevê com antecedência tempos em que será necessário novas captações de recursos.
  • Permite que você faça previsões e depois compare com as ações realizadas.
  • Ajuda ao empresário e empreendedor a tomar decisões.

Para uma melhor análise do Fluxo de caixa e Gestão financeira do seu negócio é muito importante lançar todas as entradas e saídas com seus valores individuais de forma correta.

Exemplo:

Entradas ( Recebimentos)

  • Vendas á vista
  • Operações bancária
  • Vendas á vista
  • Juros, entre outros

Saídas ( Pagamentos)

  • Compras á vista
  • Compras á prazo
  • Custos fixos e variáveis

Além disso, para fazer o controle de entradas e saídas no fluxo de caixa de forma eficaz. Se faz necessário lançar o saldo inicial que é o valor disponível no início do período estipulado.

Assim como, o saldo operacional que é o total financeiro do dia. Por fim, o saldo final é a soma dos dois. Como resultado, indicará quanto de receita será acrescentado ao seu negócio ou fique com margem negativa.

Em conclusão, vimos que: Fluxo de caixa é a previsão da movimentação financeira. Já o Lucro é a sobra depois de você subtrair as despesas da receita da empresa.

Como Controlar e Onde Organizar Despesas e Receitas

Automatize seu controle financeiro com um Software de Gestão Financeira

Antes de mais nada, observamos que controlar e onde organizar as despesas e receitas de uma empresa, não é muito fácil.

Porém vimos neste artigo que:

  • Organizar as despesas e receitas por categoria
  • Saber detalhar e definir as despesas e receitas
  • Separar as finanças pessoais da empresa
  • Fazer o controle de entradas e saídas para evitar problemas de fluxo de caixa. Já vai ser possível melhorar muito a Gestão Financeira da sua empresa.

Então deixe com a ajotta a Gestão Financeira do seu negócio e invista no planejamento e crescimento da sua empresa.

Descubra como a ajotta pode te ajudar a não perder mais tempo, ter relatórios precisos e descomplicar da Gestão Financeira da sua Empresa.

Em contrapartida, hoje é indispensável automatizar o controle financeiro da sua empresa através de um Software de Gestão Financeira. Dessa maneira, você não perde mais tempo e nem corre mais o risco de obter informações imprecisas em seus relatórios.

Contudo, ainda hoje existem empresas que utilizam a tradicional planilha para monitorar seus resultados e organizar suas despesas e receitas.

Deixe seu comentário

Quer ter acesso a materiais gratuitos?
Faça seu cadastro e nós vamos te ajudar a crescer de forma organizada.
Quer ter acesso a materiais gratuitos?
Faça seu cadastro e nós vamos te ajudar a crescer de forma organizada.
Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.
Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.