Desenvolvimento, Dicas

6 dicas infalíveis para elaborar o planejamento anual da sua empresa

6 dicas infalíveis para elaborar o planejamento anual da sua empresa

Um dos maiores erros que uma empresa pode cometer é não se planejar para o ano todo. Isso porque o planejamento anual de uma empresa evita uma série de pequenos erros que, somados, podem ser catastróficos.

Fazer um planejamento anual conduz as ações da sua empresa no decorrer do período estabelecido, com todas as finalidades e passo-a-passo para sua execução, diluindo todos os possíveis erros futuros.

Neste artigo iremos falar um pouco sobre essa prática e suas benesses para a sua empresa.

Mas, afinal, o que é um planejamento?

Tecnicamente, ele é uma espécie de guia de uma empresa. É nele que serão especificadas as metas que se pretende atingir, os objetivos a serem conquistados e as soluções para possíveis problemas que você poderá encontrar nessa execução. Em outras palavras, é um plano de ação para a empresa, a fim de se obter resultados consistentes.

Qual é a importância de estabelecer um planejamento?

Se lembrarmos que um dos principais fatores que determinam o fracasso de uma empresa é justamente a falta de panejamento estratégico das ações desta empresa, poderemos entender um pouco sobre sua importância.Ao não se planejar, você corre o risco de cometer erros fatais, que beiram o amadorismo.

Ao não se planejar, você corre o risco de cometer erros fatais, que beiram o amadorismo.

Alguns destaques que podemos dar sobre a importância de ter um planejamento anual são: melhorias contínuas, facilitação de processos, otimização de recursos e obtenção de maiores resultados.

Tudo dependerá do seu objetivo.

Conheça agora 6 passos para montar um planejamento anual completo de excelência.

1. Faça um balanço do ano anterior

Um balanço anual não se refere apenas ao setor financeiro, ele também está atrelado aos outros setores de sua empresa. É preciso dar atenção especial aos indicadores como produtividade, lançamentos de produtos, número de clientes, impactos das campanhas de marketing, custos operacionais e faturamento, do ano anterior.

2. Defina suas metas

Primeiramente defina quais são os objetivos da empresa em geral, numa visão mais ampla, como faturamento, volume de vendas e mercado. Isso é importante porque esses objetivos são a parte crucial do funcionamento da empresa. São neles que a empresa está apoiada.

Após, defina os objetivos base para a realização do propósito. Ou seja, partes menores do planejamento, como metas de cada vendedor, otimização de custos operacionais diários, entre outros.

3. Estipule um orçamento

A parte operacional de uma empresa precisa estar sempre com um orçamento fixo destinado, e mais um contingente para eventuais mudanças ou adaptações.

Definindo um orçamento para a atuação da empresa desde o planejamento inicial faz toda a diferença. Além de orçamento para folha de pagamento e operacionais, deve-se sempre destinar algum valor em caixa para investimento em tecnologia e ampliação de infraestrutura.

Experimente grátis por 30 dias.

Controle as finanças online e em poucos cliques com ajottaweb basic.

Gestão financeira
simplificada para
sua empresa!

4. Analise o mercado

É necessário que a gestão de uma empresa esteja sempre atenta ao mercado. Não se pode ignorar os efeitos de fatores externos dentro de uma empresa.

Empresas diferentes reagem de formas diferentes às oscilações de mercado. Se seu ramo empresarial estiver dentro dos setores que podem vir a ser atingidos por oscilações, é sempre importante manter um orçamento de fluxo, para que se possa garantir a continuidade das atividades, mesmo com baixo faturamento.

Como dissemos no início deste artigo, o planejamento é a diferença entre o fracasso e o sucesso da sua empresa.

5. Elabore um calendário de ações

Não há planejamento sem datas. Fato!

No item 2 deste artigo, você definiu as metas, os objetivos para sua empresa no decorrer do ano, certo?

Mas não basta apenas decidir o que fazer. É preciso decidir “quando”.

O “quando” seria o seu calendário anual.

Defina suas prioridades e quando elas deverão ser executadas.

Faça um balanço bimestral ou trimestral para observar se o calendário está correto ou com atrasos, para que possa otimizar o tempo.

Caso esteja sobrando tempo entre os objetivos, você pode antecipar tarefas, melhorando ainda mais os processos operacionais da empresa.

6. Documente o planejamento

A documentação do planejamento de uma empresa deve ficar em um documento chamado Plano de Ação, e deve ser de conhecimento de todos os setores da mesma, dessa forma, deve ser distribuído e amplamente divulgado entre os colaboradores.

O ideal é que o Plano de Ação seja feito através de ferramentas de gestão, e, para facilitar para você, nós, da Ajotta, temos soluções que vão facilitar muito o planejamento anual da sua empresa, afinal nossa missão é organizar as informações e simplificar os processos.

Ferramentas de gestão integradas permitem a otimização do tempo, maior organização das etapas do planejamento e distribuição das decisões da gestão em tempo real para todos os setores da empresa.

Quer saber mais sobre planejamento empresarial e ferramentas de gestão? Entre em contato que teremos o prazer em lhe ajudar.

Não esqueça de compartilhar esse conteúdo com seus amigos e nos deixar seu feedback aqui nos comentários.

Deixe seu comentário